MST fecha as Brs 232 e 408 em apoio à presidente Dilma - Kelson Arts

MST fecha as Brs 232 e 408 em apoio à presidente Dilma

Em todo o país acontece a Marcha da Agricultura Familiar e Camponesa Contra o Golpe e em Defesa da Democracia

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra realiza, nesta sexta-feira, vários atos em apoio à presidente Dilma Roussef e contra o impeachment. Em Pernambuco, os trabalhadores fecharam algumas rodovias, como a BR-232, nas imediações de Bonança e a BR-408 em Paudalho.
MST fecha rodovias por Reforma Agrária e pela Democracia, no Paraná. Foto: MST/ Divulgação
MST fecha rodovias por Reforma Agrária e pela Democracia, no Paraná. Foto: MST/ Divulgação

Em todo o país, a Via Campesina e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da região Sul (FETRAF-SUL) realizam a Marcha da Agricultura Familiar e Camponesa Contra o Golpe, em Defesa da Democracia e dos Direitos da Classe Trabalhadora. Em Porto Alegre, erca de 2 mil camponeses participam da marcha.
Sem Terra bloqueiam rodovias em Alagoas contra a violência no campo e em defesa da democracia. Foto: MST/ Divulgação
Sem Terra bloqueiam rodovias em Alagoas contra a violência no campo e em defesa da democracia. Foto: MST/ Divulgação

De acordo com o dirigente estadual do MST, Cedenir de Oliveira, a mobilização tem como objetivo defender a democracia e denunciar o golpe em curso no país, além de marcar o início da Jornada de Luta por Reforma Agrária para os Sem Terra, com diferentes ações em vários locais. A marcha também integra a Jornada Nacional da Reforma Agrária, que este anos realiza paralização em vários estados em protesto contra os 20 anos de impunidade do Massacre de Eldorado dos Carajás, em que 21 trabalhadores Sem Terra foram assassinados durante uma manifestação pela Polícia Militar.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.